25 janvier 2008

clip_image002                              Música

A música constitui-se basicamente de uma sucessão de sons e silêncio organizada ao longo do tempo. É considerada por uma prática cultural e humana. Actualmente não se conhece nenhuma civilização ou agrupamento que não possua manifestações musicais próprias. Embora nem sempre seja feita com esse objectivo, a música pode ser considerada como uma forma de arte, expandiu-se ao longo dos anos, e actualmente encontra-se em diversas utilidades não só como arte, mas também como a militar, educacional ou terapêutica. Além disso, tem presença central em diversas actividades colectivas, como os rituais religiosos e festas. Há evidências de que a música é conhecida e praticada desde a pré-história. Provavelmente a observação dos sons da natureza tenha despertado no homem, através do sentido auditivo, a necessidade ou vontade de uma actividade que se baseasse na organização de sons. Embora nenhum critério científico permita estabelecer seu desenvolvimento de forma precisa, a história da música confunde-se, com a própria história do desenvolvimento da inteligência e da cultura humanas.

Definir a música não é tarefa fácil porque apesar de ser conhecida por qualquer pessoa, é difícil encontrar um conceito que englobe todos os significados dessa prática. Mais do que qualquer outra manifestação humana, a música contém o som e o organiza no tempo. Talvez por essa razão ela esteja sempre fugindo a qualquer definição, pois ao buscá-la, a música já se modificou, já evoluiu. E esse jogo do tempo é simultaneamente físico e emocional, a música não pode ser completamente conhecida e por isso é tão difícil enquadrá-la em um conceito simples. Um dos poucos consensos é que ela consiste em uma combinação de sons e de silêncios, numa sequência simultânea ou em sequências sucessivas e simultâneas que se desenvolvem ao longo do tempo. Neste sentido engloba toda combinação de elementos sonoros destinados a serem percebidos pela audição. Isso inclui várias características do som (altura, duração, intensidade e timbre) que podem ocorrer sequencialmente (ritmo e melodia) ou simultaneamente (harmonia). Ritmo, melodia e harmonia são entendidos aqui apenas em seu sentido de organização temporal, pois a música pode conter harmonias ruidosas (que contém ruídos ou sons externos ao tradicional) e arritmias (ausência de ritmo formal ou desvios rítmicos).

 

Bibliografia: http://pt.wikipedia.org/wiki/M%C3%BAsica

Posté par telmasantos à 11:13 - Commentaires [1] - Permalien [#]


Commentaires sur Música A música constitui-se basicamente de uma

  • Continua!!!

    Muito bem espero que continues assim!!
    A ideia é "porreira"...
    Bom trabalho...
    Laires

    Posté par Joana Laires, 04 février 2008 à 16:03 | | Répondre
Nouveau commentaire